sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Funchal - 3º Marquês

Marquês do Funchal
Esquartelado: I e IV - Lencastre; II e III - Coutinho; Coronel de Marquês, Timbre de Coutinho. Foi o 3º Marquês do Funchal, D. Agostinho de Sousa Coutinho. Armas iguais aos Condes de Linhares. (Ex-LbrPtHrld-p7-22).

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Agostinho L. Ataíde


Agostinho Luís Ataíde
Esquartelado: I - Ataíde; II - Melo; III - Brito; IV - Silva; Coronel de Nobreza; Timbre de Ataíde. (Ex-LbrPtHrd-p7-21).

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Lafões - 5º Duque


Duque de Lafões
Partido: I - Armas do Reino de Portugal; II - Sousa (de Arronches); Coronel de Duque; Timbre de Sousa (de Arronches). Foi o 5º Duque de Lafões, D. Afonso de Bragança. (Ex-LbrPtHrd-p4-11).

Adriano A. A. A. P. Gama


Adriano Álvaro de Araújo de Azevedo Pimenta da Gama
Esquartelado: I - Pimenta; II - Araújo; III - Azevedo; IV - Gama. Coronel de Nobreza; Timbre de Pimenta. Estas armas são iguais às do Conde da Barca. (ExLbrPtHrd-p3-9).

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Folgosa - 2º Conde


Conde da Folgosa
Esquartelado: I - Contraesquartelado: 1 - Barreto; 2 - Rocha; 3 - Rego; 4 - Velho; II - Partido: 1 - Almeida 2 - Brandão (de João Brandão); III - Partido: 1 - Fonseca; 2 - Magalhães; IV - Partido: 1 - Costa; 2 - Silva; Coronel de Conde; Timbre de Rego. Foi o 1º Conde da Folgosa, António de Sousa e Sá, pelo Decreto de 05 de Dezembro de 1885, de D. Luís. O 2º Conde da Folgosa, foi Adolfo da Fonseca Magalhães da Costa e Silva. (Ex-LbrPtHrd-p3-7).

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Coronel António Feijó de Andrade Gomes


Brasão de Armas do
Coronel António Feijó de Andrade Gomes
Esquartelado: I - Feijó: de azul, com três bandas de vermelho perfiladas de ouro; II - Correia: de ouro, fretado de correias de vermelho, de seis peças; III - Araújo: de prata, com aspa de azul carregada de cinco besantes de ouro; IV - Pimenta: contraesquatelado: 1 e 4 - faixado e contrafaixado de prata e de vermelho; 2 e 3 - de azul com três vieiras de ouro postas em roquete (2 e 1); diferença: brica de prata, com um gládio de verde alinhado em banda; tudo sobre a Cruz de S. João (de oito pontas) de prata (Malta); elmo de prata, gradeado e tauxeado ouro, forrado de verde; virol e paquifes de ouro, vermelho e azul; timbre: um leão de ouro sainte, armado e lampassado de vermelho; correias de verde perfiladas de ouro, tachões de ouro.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Ordem de São Lázaro


Ordem de São Lázaro
De prata, com uma cruz de São João (de oito pontas) de verde ; Elmo de ouro e forrado de verde; virol e paquifes de prata e verde; coroa de ouro com florões de cruzes páteas. Colar do Grão-Mestre da Ordem.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Ordem do Templo


Ordem Soberana e Militar do Templo de Jerusalém
Ordo Supremus Militaris Templi Hierosolymitani
De prata, com uma cruz de duplo transepto de vermelho; Elmo de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de prata e vermelho; coroa forrada. (Listel com o lema: "Non Nobis Domine Non Nobis Sed Nomini Tuo da Gloriam").

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Ordem dos Cavaleiros Teutónicos (II)



Ordem dos Cavaleiros Teutónicos
do Hospital de Santa Maria de Jerusalém

Ordo Domus Santae Mariae
Theutonicorum Hierosolymitanorum
(II)

De prata, com uma cruz firmada de negro; a esta sobreposta uma cruz florenciada de ouro, e sobre-o-todo escudete de ouro, com uma águia estendida de negro, sancada e lampassada de vermelho; Elmo de ouro e forrado de negro; virol e paquifes de prata e negro; coronel de cruzes páteas ; Timbre: águia estendida de negro lampassada e sancada de vermelho; correias de negro perfiladas de prata. Tachões de ouro. (Listel com o lema: "Ajudar, Defender, Curar".

Fernando Moreira de Sá Monteiro


Fernando de Sá Moreira
Esquartelado: I - Moreira: de vermelho com nove escudetes de prata carregados com uma cruz florenciada de verde, postos 3, 3 e 3; II - : xadrezado de prata e azul, de cinco peças em faixa e de seis peças em pala; III - Brandão: de azul, com cinco brandões de ouro acesos postos em sautor; IV - Coelho: de ouro, com um leão de púrpura carregado de três faixas xadrezadas de ouro e azul; bordadura de azul, carregada com cinco coelhos de prata manchados de negro; Sobre-o-todo: escudete de Monteiro: de prata, com três trompas de negro, guarnecidas de ouro, com cordões de vermelho postas em contraroquete; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de ouro e vermelho; Timbre de Moreira: lobo de vermelho sainte com um escudete na espalda; correias de vermelho perfiladas de ouro. Pendente da Ordem de Nossa Senhora de La Merced (Espanha). Ilustre e insígne genealogista.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Ordem dos Cavaleiros Teutónicos


Ordem dos Cavaleiros Teutónicos
Ordem dos Cavaleiros Teutónicos
do Hospital de Santa Maria de Jerusalém
Ordo Domus Santae Mariae Theutonicorum Hierosolymitanorum
De prata, com uma cruz firmada de negro; a esta sobreposta uma cruz florenciada de ouro, e sobre-o-todo escudete de ouro, com uma águia estendida de negro, sancada e lampassada de vermelho; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de prata e negro; coronel de cruzes páteas ; Timbre: águia estendida de negro lampassada e sancada de vermelho; correias de negro perfiladas de prata. Tachões de ouro. (Listel com o lema: "Ajudar, Defender, Curar".

terça-feira, 30 de novembro de 2010

São Leonardo - Marquês


Marqueses de São Leonardo
Esquartelado: I e IV - Albuquerque: contra-esquartelado: 1 e 4 - de prata, com cinco escudetes de azul postos em cruz, carregados de cinco besantes de prata postos em sautor, bordadura de vermelo carregada de sete castelos de ouro; filete de negro sobre-o-todo em contrabanda; 2 e 3 - de vermelho com cinco flores-de-lis de ouro postas em sautor; II e III - Cunha (da Tábua): de ouro, com nove cunha de azul postas 3, 3 e 3; bordadura cosida de prata e carregada com oito escudetes de azul sobrecarregados com cinco besantes de prata postos em sautor; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de ouro e vermelho; timbre de Cunha (da Tábua): serpente alada de ouro, com asas azuis e semeada de cunhas de um no outro; coronel de Marquês; correias de vermelho perfiladas de ouro. Tachões de ouro. O 5º Marquês de São Leonardo é Fernando de Castro Pereira Mouzinho de Albuquerque e Cunha, 4º Marquês de Brindis (Duas Sicilias).

domingo, 28 de novembro de 2010

Murça - Conde


Condes de Murça
Esquartelado: I - Melo: de vermelho com uma cruz dupla de ouro acompanhada de seis besantes de prata nos vãos; bordadura de ouro; II - contraesquartelado: 1 - Cardoso; 2 - Veiga; 3 - Homem: 4 - Avelar; III - contraesquartelado: 1 e 4 - Partido: i) - Miranda; ii) - Henriques; 2 - Meneses; 3 - Guedes; IV - Partido de um traço e cortado de 2 traços: 1 - Abreu; 2 - Taveira; 3 - Vasconcelos; 4 - Barbosa; 5 - Brito; 6 - Palha (Almeida); sobre-o-todo: Soares de Albergaria; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de ouro e vermelho; Timbre de Melo: Águia aberta de vermelho, besantada de prata; coronel de Conde; correias de vermelho perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Foi o 1º Conde de Murça, D. Miguel António de Melo Abreu Soares de Brito Barbosa Palha Vasconcelos Guedes. Título de Conde de Murça foi-lhe concedido pelo Decreto de 06 de Fevereiro de 1826, de D. João VI.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Paço de Moure e Casa da Bemposta


Senhora de Paço de Moure
e da Casa da Bemposta
Lisonja Esquartelada: I - Azevedo: de ouro cum uma águia estendida de negro; II - Sousa (de Arronches): contraesquartelado: 1 e 4 - de prata, com cinco escudetes de azul postos em cruz, sobrecarregados com cinco besantes de prata postos em sautor; bordadura de vermelo carregada com sete castelos de ouro; III - Ataíde: de azul, com quatro bandas de prata; IV - Meneses: de ouro pleno, com um anel encoberto tendo encastoado um rubi, voltado para o chefe.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Paço de Moure e Casa da Bemposta


Senhores de Paço de Moure
e da Casa da Bemposta
Esquartelado: I - Sousa (de Arronches): contraesquartelado: 1 e 4 - de prata, com cinco escudetes de azul postos em cruz, sobrecarregados com cinco besantes de prata postos em sautor; bordadura de vermelo carregada com sete castelos de ouro; II - Azevedo: de ouro com uma águia estendida de negro; III - Ataíde: de azul, com quatro bandas de prata; IV - Meneses: de ouro pleno, com um anel encoberto tendo encastoado um rubi, voltado para o chefe; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de ouro e vermelho; Timbre de Azevedo (por varonia): águia estendida de negro; coronel de nobreza; correias de vermelho perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Senhores de Paço de Moure, Casas Novas em Póvoa de Lanhoso e Casa da Bemposta em S. Tomé do Vade, Ponte da Barca.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Almendra - Visconde


Visconde de Almendra
Partido: I - Castilho: de verde, com um castelo de prata, aberto e iluminado de negro, encimado por uma flor-de-lis de ouro e ladeado por dois galgos de prata, coleirados de vermelho, levantados e afrontados e presos por cadeias de ouro às ameias do castelo; II - Falcão: de azul, com três bastões de prata guarnecidos com os ferros de vermelho, postos em pala e alinhados em faixa; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de prata e verde; Timbre de Castilho: galgo do escudo; coronel de Visconde. Correias de verde perfiladas de prata. Tachões de ouro. Este título foi criado a favor do único Visconde de Almendra, José Caetano Saraiva Caldeira de Miranda, pelo Decreto de 26 de Dezembro de 1906, de D. Carlos I.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Unhão - Marquesa


Marquesas de Unhão
Lisonja esquartelada: I e IV - Teles (de Meneses): de ouro pleno; II e III - Silva: de prata, com um leão de púrpura, armado e lampassado de azul; escudete sobre-o-todo de Gama (de Vasco da Gama): xadrezado de ouro e de vermelho, de três peças em faixa e cinco em pala, as de vermelho carregadas de dois filetes de prata; e sobrecarregado com um escudete de prata, carregado com cinco escudetes de azul postos em cruz sobrecarregados com cinco besantes de prata, postos em sautor; coronel de Marquesa; Foi 1ª Marquesa de Unhão, D. Maria José Francisca Xavier Baltasar, 6º Condessa de Unhão, 4ª Marquesa de Nisa e 8º Condessa da Vidigueira.

Unhão - Conde


Condes de Unhão
Esquartelado: I e IV - Teles (de Meneses): de ouro pleno; II e III - Silva: de prata, com um leão de púrpura, armado e lampassado de azul; escudete sobre-o-todo de Gama (de Vasco da Gama): xadrezado de ouro e de vermelho, de três peças em faixa e cinco em pala, as de vermelho carregadas de dois filetes de prata; e sobrecarregado com um escudete de prata, carregado com cinco escudetes de azul postos em cruz sobrecarregados com cinco besantes de prata, postos em sautor; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de Azul; virol e paquifes de ouro e púrpura; Timbre de Meneses: uma donzela, sainte, de carnação, vestida de ouro, com um escudete de ouro suspenso na mão direita por um cordão de vermelho e amparado em baixo pela mão esquerda; coronel de Conde; correias de púrpura perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Foi 1º Conde de Unhão, D. Fernão Teles da Silva. Este título foi criado por D. Filipe III, por Decreto de 07 de Junho de 1630. Associa-se esta casa aos Marqueses de Nisa.

Borges Castro - Visconde


Visconde de Borges Castro
Partido: I - Gomes (de Martim Gomes Bravo): de azul, com um pelicano de ouro, ferido de vermelho alimentando os filhos no ninho; II - Castro: de prata, com seis arruelas de azul; diferença: brica de prata, com um farpão de azul; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de ouro e azul; Timbre de Gomes: pelicano do escudo; coronel de Visconde; correias de azul perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Foi o único Visconde de Borges Castro, José Ferreira Borges Gomes de Castro, sobrinho de José Joaquim Gomes de Castro (1º Conde de Castro), por Decreto de 01 de Junho de 1867, título concedido por D. Luís I. Por essa razão usa as suas armas iguais às de seu tio.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Treixedo - Visconde


Visconde de Treixedo
Esquartelado: I - Gouveia: partido: 1 - (Melo): de vermelho, com uma cruz dupla de ouro acompahada nos vãos por seis besantes de prata, bordadura de ouro; 2 - (Castro): de prata, com seis arruelas de azul postas 2, 2 e 2; II - Almeida: de vernelho, com uma cruz dupla de ouro, acompanhada de seis besantes de ouro nos vãos; bordadura de ouro; III - Figueiredo: de vermelho, com cinco folhas de figueira de verde perfiladas de ouro e postas em sautor; IV - Carvalho: de azul com uma estrela de ouro de oito raios dentro de uma caderna de crescentes de prata; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de ouro e vermelho; Timbre de Melo: águia estendida de vermelho, carregada de besantes de prata (besantada); coronel de Visconde; correias de vermelho perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Foi o 1º Visconde de Treixedo, Francisco de Gouveia Bandeira de Figueiredo. É actual representante do título de Visconde de Treixedo, Francisco António de Athayde Pinto Mascarenhas. IIIº Anuário da Nobreza de Portugal (ANP)-IIº Tomo, pág. 199.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

São José de Porto Alegre - Barão


Barão de São José de Porto Alegre
Almeida (pleno): de vermelho, com uma cruz dupla (dobrecruz) de ouro, acompanhada de seis besantes de ouro nos vãos; bordadura de ouro; diferença: brica de azul carregada com trifólio de ouro; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de ouro e vermelho; Timbre de Almeida: águia estendida de negro, armada e lampassada de vermelho, carregada com nove besantes de ouro, três no peito e três nas asas; coronel de Barão; correias de vermelho perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Foi o 1º Barão de São José de Porto Alegre, Januário Agostinho de Almeida. Este título foi atribuído por D. João (Príncipe-Regente), por Decreto de 15 de Junho de 1815. Armas iguais às dos Marqueses do Lavradio, diferindo apenas no coronel e iguais às armas dos Barões de Vila Cova, mas sem brica como a diferença aqui apresentada.

Seixo - Barão


Barão do Seixo
Esquartelado: I - Almeida: de vermelho, com uma cruz dupla (dobrecruz) de ouro, acompanhada de seis besantes de ouro nos vãos; bordadura de ouro; II - Coutinho: de ouro, com cinco estrelas de vermelho de cinco raios postas em sautor; III - Camelo: de prata, com três vieiras de azul, postas em roquete; IV - Lemos: de vermelho, com cinco cadernas de crescentes de ouro postas em sautor; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de ouro e vermelho; Timbre de Almeida: águia estendida de negro, armada e lampassada de vermelho, carregada com nove besantes de ouro, três no peito e três nas asas; coronel de Barão; correias de vermelho perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Foi o único Barão do Seixo, António de Almeida Coutinho de Lemos. Este título foi atribuído por D. Maria II, pelo Decreto de 19 de Julho de 1845.

Bivar - Visconde


Visconde de Bivar
Bivar (plenas): Cortado: I - Partido: 1 - Contraesquartelado: i e iv - Castela: de vermelho com um castelo de ouro, aberto e iluminado de azul; ii e iii - Leão: de prata, com um leão de púrpura, armado e lampassado de azul e coroado de ouro; 2 - Aragão (com os esmaltes trocados): de vermelho com quatro palas de ouro; II - de vermelho, com uma azinheira de verde, entroncada de ouro e arrancada de prata ladeada por um leão de ouro armado e lampassado de azul; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de ouro e vermelho; Timbre de Bivar: Leão de ouro, armado e lampassado de azul; coronel de Visconde; correias de vermelho perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Foi o único Visconde de Bivar, Francisco de Almeida Coelho de Bivar. Este título foi atribuído por D. Luís I, por Decreto de 18 de Dezembro de 1873.

Fornos de Algodres - Barão


Barões de Fornos de Algodres
Esquartelado: I - Albuquerque: contraesquartelado: 1 e 4 - de prata, com cinco escudetes de azul postos em cruz, carregados com cinco besantes de prata postos em sautor; 2 e 3 - de vermelho, com cinco flores-de-lis de ouro postas em sautor; II - Pimentel: de verde com cinco flores-de-lis de ouro postas em sautor, bordadura de prata carregada com oito cruzs páteas de vermelho; III - Vasconcelos: de negro com três faixas veiradas de prata e vermelho; IV - Soveral (as mesmas que Avelar): de ouro, com três faixas de vermelho carregadas com três estrelas de prata de seis raios cada; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de prata e azul; timbre de Albuquerque: asa de negro, carregada com cinco flores-de-lis de ouro postas em sautor; coronel de Barão; correias de azul perfiladas de prata. Tachões de ouro. Foi o 1º Barão de Fornos de Algodres, José Maria de Albuquerque Pimentel de Vasconcelos e Soveral, pelo Decreto de 02 de Julho de 1842, de D. Maria II. Este título não tem relação com os Viscondes e Condes de Fornos de Algodres. São representados por outra família.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Zambujal - Visconde


Barão e Visconde do Zambujal
Esquartelado: I - Cabedo: Partido: 1 - de vermelho, com três caldeiras de prata alinhadas em pala; 2 - de azul, estandarte de ouro hasteado de prata movente para a esquerda, três flores de lis de ouro alinhadas em pala; II - Vasconcelos: de negro, com três faixas veiradas de prata e vermelho; III - Sardinha: de verde: com uma banda de prata carregada de cinco sardinhas de azul; IV - Cunha: de ouro, com nove cunhas de azul postas 3, 3 e 3; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de prata e vermelho; Timbre de Cabedo: braço vestido de vermelho, mão de carnação segurando uma caldeira de prata; coronel de Visconde; correias de vermelho perfiladas de prata. Tachões de ouro. Título criado a favor do único Barão e único Visconde do Zambujal, Jorge de Cabedo de Vasconcelos Sarinha da Cunha Castelo Branco e Couto, pelo Decreto de 27 de Janeiro de 1826, de D. João VI, e elevado a Visconde do Zambujal pelo Decreto de 1833 de D. Miguel I.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Wildick - Visconde


Barão e Visconde de Wildick
Partido: I - Figueiroa: de ouro, com cinco folhas de figueira de verde postas em sautor; II - Wildick: de azul, com uma asna de prata solta, carregada de cinco gotas de negro e acompanhada de dois merlos de ouro; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de ouro e verde; Timbre de Figueiroa: braço de azul vestido, mão de carnação segurando um ramo de ouro de figueira folhado de cinco folhas de verde; coronel de Visconde. Correias de verde perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Este título foi criado a favor do único Barão e Visconde de Wildick, Pedro Afonso André de Figueiredo, pelo Decreto de 29 de Maio de 1873, de D. Luís I.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Vitória da Batalha (Nª Srª) - Barão


Barão de Nossa Senhora da Vitória da Batalha
(ou Barão da Batalha)
Esquartelado: I - Faria: de vermelho, com uma torre de prata, aberta e iluminada de negro, acompanhada por cinco flores-de-lis de prata, duas nos flancos, três em chefe; II - Alvelos: de vermelho, com cinco estrelasde ouro de oito raios, postas em sautor; III - Drago: de vermelho com dois dragões de prata, armados e lampassados de azul um sobre o outro; IV - Cabreira: de prata, com duas cabras de negro, armadas, calçadas e gotadas de ouro, uma sobre a outra; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de prata e vermelho; Timbre de Faria: Torre do escudo rematada por uma das flores-de-lis; coronel de Barão; correias de vermelho perfiladas de prata. Tachões de ouro. Título criado a favor do único Barão de Nossa Senhora da Vitória da Batalha, Sebastião Francisco Severo Drago Valente de Brito Correia de Lacerda Green Cabreira, pelo Decreto de 02 de Junho de 1851, de D. Maria II. O único Barão de Nossa Senhora da Vitória da Batalha era sobrinho de Diocleciano Leão de Brito Cabreira, 1º Barão de Faro, por isso usa as suas armas iguais às de seu tio.

Vitória - Duque


Duques da Vitória, Marqueses de Torres Vedras
e Condes do Vimeiro
Esquartelado: I e IV - de vermelho, com uma cruz de prata firmada, acompanhada nos cantões por cinco besantes de prata postos em sautor; II e III - Colley: de ouro, com um leão de vermelho, armado e lampassado de azul; Acrescentamento honroso: escudete com a "Union Jack", união das cruzes de São Jorge, Santo André e São Patrício (Bandeira do Reino Unido); Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de prata e vermelho; Timbre de Colley: leão do escudo; coronel de Duque; correias de vermelho perfiladas de prata. Tachões de ouro. Este título foi atribuído ao 1º Duque da Vitória, Arthur Wellesley, pelo Decreto de 12 de Dezembro de 1812, de D. João VI. Também foi o 1º Conde do Vimeiro, 1º Marquês de Torres Vedras, 1º Conde e 1º Duque de Wellington e 1º Duque de Ciudad Rodrigo.

Vinhais - Conde


Barões, Viscondes e Condes de Vinhais
Partido: I - Pessoa: de azul, com seis crescentes de ouro postos 2, 2 e 2; bordadura de negro filetada de prata, carregada com oito estrelas de cinco raios do mesmo; II - Costa: de vermelho, com seis costelas de prata firmadas nos flancos, postas 2, 2 e 2; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de ouro e azul; coronel de Conde; Timbre de Pessoa: Cometa de prata de cinco raios, o mais comprido para baixo; correias de azul perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Foi o 1º Barão de Vinhais, Simão da Costa Pessoa, pelo Decreto de 17 de Agosto de 1840, mais tarde elevado a Visconde de Vinhais, pelo Decreto de 10 de Março de 1843, e ainda depois elevado a Conde de Vinhais, pelo Decreto de 20 de Janeiro de 1847, os três Decretos de D. Maria II.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Vimioso - Conde


Condes de Vimioso
Faro (pleno): de prata, com aspa de vermelho, carregada com cinco escudetes de Portugal Antigo: de prata, com cinco escudetes de azul postos em cruz, carregados com cinco besantes de prata, postos em sautor; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de prata e vermelho; Timbre de Faro: Cavalo sainte de prata, bridado (arreado) de vermelho, enfreado de ouro, com três lançadas no pescoço, vertendo sangue; coronel de Conde; correias de vermelho perfiladas de prata. Tachões de ouro. Este título foi atribuído pela primeira vez a D. Francisco de Faro, em 1614, por D. Filipe II. Esta casa está relacionada com os Condes de Odemira e os Condes de Faro. Numa outra publicação, o 1º Conde de Vimioso, foi D. Francisco de Portugal e foi-lhe atribuído o título por D. Manuel I, pelo Decreto de 01 de Fevereiro de 1515. Usava como armas partido: I - Portugal: de prata, com aspa de vermelho, carregada com cinco escudetes do Reio: de prata, com cinco escudetes de azul postos em cruz, carregados com cinco besantes de prata, postos em sautor; bordadura de vermelho, carregada com sete castelos de ouro; e sobre-o-todo de cada escudete um filete de negro em contrabanda; alternados com quatro cruzes florenciadas de prata e vazias do campo; II - Castro: de ouro, com treze arruelas de azul, postas 3, 3, 3, 3, e 1; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de prata e vermelho; Timbre de Portugal: Cavalo sainte de prata, bridado (arreado) de vermelho, enfreado de ouro, com três lançadas no pescoço, vertendo sangue; coronel de Conde; correias de vermelho perfiladas de prata.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Vilas Boas - Conde


Condes de Vilas Boas
Vilas-Boas (plenas): Esquartelado: I e IV - de vermelho, com um castelo de prata, aberto e iluminado de negro, rematado com uma palma de verde; II e III - de azul, com um dragão de prata voante, armado e lampassado de vermelho; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de prata e vermelho; Timbre de Vilas-Boas: dragão do escudo com uma palma de verde na boca; coronel de Conde; correias de vermelho perfiladas de prata. Tachões de ouro. Título criado a favor 1º Conde de Vilas Boas, Fernando de Magalhães e Meneses, pelo Decreto de 20 de Maio de 1907, de D. Carlos I, de Portugal. Estas armas são iguais às dos Condes de Alvelos.

Vilarinho de São Romão - Visconde


Viscondes de Vilarinho de São Romão
Girão (plenas): Cortado: I - Partido: 1 - de vermelho, com um castelo de ouro iluminado e aberto de azul (Castela); 2 - de prata, com um leão de púrpura, armado e lampassado de azul e coroado de ouro (Leão); II - de ouro, com três girões de vermelho, moventes do contrachefe e reunidos ao meio do traço do cortado; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de prata e púrpura; Timbre de Girão: o leão do escudo, com um girão de ouro na espádua; Coronel de Visconde; correias de púrpura perfiladas de prata. Tachões de ouro. Foi o 1º Visconde de Vilarinho de São Romão, António Lobo Barbosa Ferreira Teixeira Girão. Este título foi criado a seu favor por D. Maria II, pelo Decreto de 17 de Setembro de 1835. O 4º Visconde de Vilarinho de São Romão, também foi o 5º Barão das Lajes.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Vila Real (Moderno) - Conde


Condes de Vila Real
(Modernos)
Partido: I - Sousa (do Prado): contraesquartelado: 1 e 4 - de prata, com cinco escudetes de azul postos em cruz, carregados com cinco besantes de prata, postos em sautor; 2 e 3 - de prata, com um leão de púrpura, armado e lampassado de azul; II - Botelho: de ouro com quatro bandas de vermelho; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de prata e azul; timbre de Sousa (do Prado): leão de púrpura, armado e lampassado de azul; coronel de Conde; correias de azul perfiladas de prata. Tachões de ouro. Foi o 1º Conde de Vila Real (na sua família), D. José Luís de Sousa Botelho Mourão e Vasconcelos, pelo Decreto de 03 de Julho de 1823, de D. João VI. (Na sua família, indica que houve um título com a mesma designação e que se extinguiu, podendo haver, ou não, referência à família extinta). Poderia usar o Coronel de Marquês, por ser Conselheiro de Estado.

Vilar de Allen - Visconde


Viscondes de Vilar de Allen
Allen, [de Allanus de Buckenhall] (plenas): mantelado de vermelho e arminhos, duas cabeças de leão de ouro, lampassadas de azul, em chefe; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de ouro e vermelho; Timbre de Allen: cavalo de prata; coronel de Visconde; correias de vermelho perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Foi o 1º Visconde de Vilar de Allen, Alfred Allen (de pai inglês e mãe italiana). Este título foi atribuído por D. Luís I, por Decreto de 13 de Janeiro de 1866.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Vilar - Barão


Barões de Vilar
Kopke (plenas): de azul, com uma estrela de prata de cinco raios, acompahada de três crescentes do mesmo, postos 2 e 1; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de prata e azul; timbre de Kopke: crescente do escudo, encimado por uma estrela de cinco raios, tudo de prata; coronel de Barão; correias de azul perfiladas de prata. Tachões de ouro. Foi o 1º Barão de Ramalde, Cristiano Nicolau Kopke, pelo Decreto de 07 de Dezembro de 1831, de D. Pedro (Príncipe Regente na menoridade de D. Maria II); e mudou de designação para 1º Barão de Vilar (na sua família), pelo Decreto de 21 de Dezembro de 1836, de D. Maria II.

Vila Pouca - Conde


Barão, Viscondes e Condes de Vila Pouca
Esquartelado: I - Alcoforado: xadrezado de prata e azul, de seis peças em faixa e de oito peças em pala; II - Teixeira: de azul, com uma cruz potenteia de ouro vazia do campo; III - Carvalho: de azul, com uma estrela de ouro de oito raios dentro de uma cartela de crescentes de prata; IV - Pereira: de vermelho, com uma cruz florenciada de prata e vazia do campo; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de prata e azul; timbre de Alcoforado: águia estendida de azul, com a asa direita xadrezada de prata; coronel de Conde; correias de azul perfiladas de prata. Tachões de ouro. Foi o 1º Barão de Vila Pouca, Rodrigo de Sousa da silva Alcoforado, pelo Decreto de 11 de Janeiro de 1805, de D. João (Príncipe Regente); Este título foi elevado a Visconde de Vila Pouca, na pessoa de Rodrigo de Sousa Teixeira da Silva Alcoforado, pelo Decreto de 1845 e a Conde de Vila Pouca, na mesma pessoa, pelo Decreto de 11 de Abril de 1848, ambos de D. Maria II.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Vila Nova de Souto d'El-Rei - Visconde


Viscondes de Vila Nova de Souto d'El-Rei
Esquartelado: I - Lancastre: de prata, com cico escudetes de azul postos em cruz, carregados com cinco bensantes de prata postos em sautor; bordadura de vermelho, carregada com cinco castelos de ouro; filete de negro em contrabanda sobre-o-todo; II - Almada: de ouro, com uma banda de azul carregada com duas cruzes florenciadas de ouro vazias da banda, acompanhada de duas águias estendidas de vermelho, sancadas, armadas e lampassadas de negro; III - Carvalho: de azul, com uma estrela de ouro de oito raios dentro de uma cartela de crescentes de prata; IV - Pereira: de vermelho, com uma cruz florenciada de prata e vazia do campo; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de ouro e vermelho; Timbre de Lancastre: pelicano de ouro no ninho alimentando as crias com o seu próprio sangue; coronel de Visconde; correias de vermelho perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Foi o 1º Visconde de Vila Nova de Souto d'El-Rei, D. Francisco de Almada e Mendonça. Este título foi atribuído por D. José I, por Decreto de 17 de Maio de 1774.

Vila Nova de Portimão - Conde


Condes de Vila Nova de Portimão
Esquartelado: I e IV - Castelo Branco: de azul, com um leão de ouro armado e lampassado de vermelho; II e III - Valente: de vermelho, com um leão de ouro, carregado de três faixas de azul, armado e lampassado do mesmo; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de ouro e azul; coronel de Conde; Timbre de Castelo Branco: leão de ouro, armado e lampassado de vermelho; correias de azul perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Foi o 1º Conde de Vila Nova de Portimão, D. Martinho de Castelo Branco, pelo Decreto de 28 de Maio de 1504, de D. Manuel I. Actualmente é o 11º Conde de Vila Nova de Portimão, D. José Maria da Piedade Lancastre e Távora, 11º Marquês de Abrantes.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Vila Nova de Gaia - Visconde


Barão e Viscondes de Vila Nova de Gaia
Stubbs (plenas): de negro, com uma banda de ouro carregada com três fivelas circulares de vermelho, acompanhada de três "pheons" de ouro; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de ouro e negro; coronel de Visconde ; Timbre de Stubbs: Águia estendida de ouro sainte, com um ramo de verde no bico; correias de negro perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Foi o 1º Barão de Vila Nova de Gaia, Thomas William Stubbs (cidadão inglês), pelo Decreto de 18 de Dezembro de 1833, de D. Pedro (Regente na menoridade de D. Maria II). Este titulo foi elevado a Visconde pelo Decreto de 20 de Maio de 1835.

Vila Nova de Foz Côa - Visconde


Barão e Visconde de Vila Nova de Foz Côa
Partido: I - Campos: de azul, com três cabeças de leão de ouro, lampassadas e ensanguentadas de vermelho, postas em roquete; II - Henriques: mantelado de prata e vermelho, no campo de prata dois leões afrontados de púrpura armados e lampassados de azul, no campo de vermelho, um castelo de ouro, aberto e iluminado de azul; como diferença: brica de prata com um trifólio de verde; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de ouro e azul; coronel de Conde (por ser Par do Reino); Timbre de Campos: cabeça de leão do escudo; correias de azul perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Foi o 1º Barão de Vila Nova de Foz Côa, Francisco António de Campos, pelo Decreto de 06 de Fevereiro de 1837, de D. Maria II. Este titulo foi elevado a Visconde por D. Luís I, a favor de Eduardo Ernesto de Campos Henriques, pelo Decreto de 22 de Maio de 1886.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Vila Moura - Visconde


Visconde de Vila Moura
Esquartelado: I - Castro: de prata, com seis arruelas de azul, postas 2, 2 e 2; II - Guedes: de azul, com cinco flores-de-lis de ouro postas em sautor; III - Carvalho: de azul, com uma estrela de ouro de oito raios dentro de uma cartela de crescentes de prata; IV - Lobo: de prata, com cinco lobos de negro passantes, armados e lampassados de vermelho; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de prata e azul; timbre de Castro: leão rompante de prata, armado e lampassado de azul, carregado com seis arruelas do mesmo; coronel de Visconde; correias de azul perfiladas de prata. Tachões de ouro. Foi o único Visconde de Vila Moura, Bento de Oliveira Cardoso e Castro Guedes de Carvalho Lobo, pelo Decreto de 25 de Outubro de 1900, de D. Carlos I. (Distintíssimo escritor).

Vila Maior - Visconde


Viscondes de Vila Maior
Partido: I - Morais: partido: 1 - de vermelho, uma torre torreada de prata coberta de ouro iluminada e aberta de negro sobre um contrachefe ondado de prata e azul, rematada com uma bandeira de prata carregada com a cruz da Ordem de Cristo; 2 - de prata, com uma árvore arrancada de verde; II - Pimentel: de verde, com cinco vieiras de ouro postas em sautor; bordadura de prata carregada com oito cruzes páteas de vermelho; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de prata e vermelho; Timbre de Morais: torre do escudo; coronel de Visconde; correias de vermelho perfiladas de prata. Tachões de ouro. Título criado a favor do 1º Visconde de Vila Maior, Luís Cláudio de oliveira Pimentel, pelo Decreto de 01 de Junho de 1858, de D. Pedro V, de Portugal. Este titular tinha autorização para usar corenel de Conde por ser Par do Reino.

Vila Franca do Campo - Conde


Conde de Vila Franca do Campo
Esquartelado: I - Albuquerque: contraesquartelado: 1 e 4 - de prata, com cinco escudetes de azul postos em cruz, carregados com cinco besantes de prata postos em sautor; 2 e 3 - de vermelho, com cinco flores-de-lis de ouro postas em sautor; II - Sousa (do Prado): contraesquartelado: 1 e 4 - de prata, com cinco escudetes de azul postos em cruz, carregados com cinco besantes de prata postos em sautor; 2 e 3 - de prata, com um leão de púrpura armado e lampassado de azul; III - Costa: de vermelho, com seis costelas de prata, firmadas nos flancos e postas 2, 2 e 2; IV - Macedo, de azul, com cinco estrelas de ouro de seis raios postas em sautor; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de prata e azul; timbre de Albuquerque: asa de negro, carregada com cinco flores-de-lis de ouro postas em sautor; coronel de Conde; correias de azul perfiladas de prata. Tachões de ouro. Foi o único Conde de Vila Franca do Campo, D. Pedro da Costa de Sousa de Macedo (filho dos Condes da Mesquitela), pelo Decreto de 04 de Agosto de 1870, de D. Luís I. Estas armas diferem das dos Condes da Mesquitela apenas na posição dos quartéis e do respectivo timbre. Também foram usadas por D. João Pedro Barjona da Costa de Sousa Macedo.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Vila Cova - Barão


Barão de Vila Cova
Almeida (pleno): de vermelho, com uma cruz dupla (dobrecruz) de ouro, acompanhada de seis besantes de ouro nos vãos; bordadura de ouro; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de ouro e vermelho; Timbre de Almeida: águia estendida de negro, armada e lampassada de vermelho, carregada com nove besantes de ouro, três no peito e três nas asas; coronel de Barão; correias de vermelho perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Foi o único Barão de Vila Cova, João António de Almeida. Este título foi atribuído por D. Fernando II (Regente na menoridade de D. Pedro V), por Decreto de 16 de Agosto de 1854. Armas iguais às dos Marqueses do Lavradio, diferindo apenas no coronel.

Vila Boim - Visconde


Visconde de Vila Boim
Esquartelado: I - Moreira: de vermelho, com nove escudetes de prata carregados com uma cruz florenciada de verde, postos 3, 3 e 3: II - Manoel: contraesquartelado: 1 e 4 - de vermelho, com uma asa de ouro terminada num mão de carnação segurando uma espada de prata e guarnecida de ouro; 2 e 3 - de prata, com um leão de púrpura armado e lampassado de azul; III - Freire (de Andrade): de verde, com uma banda de vermelho perfilada de ouro abocanhada por duas cabeças de serpente de ouro; IV - Aboim: contraesquartelado: 1 e 4 - xadrezado de ouro e azul, de cinco peças em pala e de cinco peças em faixa; 2 e 3 - de ouro, com três palas de azul; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de prata e vermelho; timbre de Moreira: um lobo de vermelho sainte, com um escudete do escudo na espalda; coronel de Visconde; correias de vermelho perfiladas de prata. Tachões de ouro. Título criado a favor do único Visconde de Vila Boim, José Maria Correia Freire Manuel de Abreu, pelo Decreto de 17 de Abril de 1890, de D. Carlos I.

Viana - Marquês


Condes e Marqueses de Viana
Manoel (plenas): Esquartelado: I e IV - de vermelho, com uma asa aberta de ouro terminada por uma mão de carnação, empunhando uma espada de prata guarnecida de ouro; II e III - de prata, com um leão de púrpura armado e lampassado de azul; diferença: escudete de Meneses: de ouro pleno, em abismo, sobre-o-todo; Elmo de prata tauxeado de ouro e forrado de azul, virol e paquifes de ouro e vermelho; timbre de Manoel: asa do escudo; coronel de Marquês, correias de vermelho perfiladas de ouro. Titulo criado a favor do 1º Conde de Viana (título moderno), D. João Manuel de Meneses, pelo Decreto de 13 de Maio de 1810, de D. João (Príncipe Regente) e elevado a Marquês de Viana, pelo Decreto de 03 de Agosto de 1821, já como D. João VI, de Portugal.

Viamonte da Boa Vista - Barão


Barões de Viamonte da Boa Vista
Esquartelado: I - Dias [Armas não identificadas(*)]: de vermelho, com uma aspa de ouro; bordadura de ouro carregada com oito aspas de vermelho; II - Oliveira: de vermelho, com uma oliveira de verde entroncada e frutada de ouro e arrancada de prata; III - Cunha: de ouro, com nove cunhas de azul, postas 3, 3 e 3; IV - Fernandes (de Diogo Fernandes Correia); contraesquartelado: 1 - de ouro, com uma águia bicéfala de negro estendida, armada e lampassada de vermelho; 2 - de vermelho, com três escudetes de prata carregados cum uma cruz de vermelho firmada, postos em roquete; 3 - de vermelho, com um castelo de prata, aberto e iluminado de negro; 4 - de vermelho, com três vieiras de prata postas em roquete; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de ouro e vermelho; Timbre de Dias(*): uma aspa de ouro acompanhada de quatro cruzetas de vermelho nos vãos; coronel de Barão; correias de vermelho perfiladas de ouro. Foi o 1º Barão de Viamonte da Boa Vista, José Joaquim de Viamonte, pelo Decreto de 17 de Fevereiro de 1848, de D. Maria II, de Portugal. (*) referidas na página 477 do Volume III da obra: Nobreza de Portugal e do Brasil.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Venda da Cruz - Barão


Barão da Venda da Cruz
Esuqartelado: I - Miguéis (de Fernão Miguéis, da Galiza) de azul, com umaespada de prata enfinado uma caderna de crescentes do mesmo, acompanhada de cinco flores-de-lis de ouro, três alinhadas em chefe e 1 em cada cantão da ponta; bordadura cosida de vermelho e carregada com oito aspas de ouro; II - Gonçalves (de Antão Gonçalves): de verde, com uma banda de prata carregada de dois leopardos trepantes de púrpura, armados e lampassados de azul; III - Carvalho: de azul, com uma estrela de ouro de oito raios embebida numa caderna de crescentes de prata; IV - Brito: de vermelho, com nove lisonjas de prata firmadas e apontadas, e carregadas com um leão de púrpura; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de prata e azul; timbre de Miguéis: cruz de prata potenteia e vazia; coronel de Barão; correias de azul perfiladas de prata. Tachões de ouro. Foi o único Barão da Venda da Cruz, João Pedro Miguéis de Carvalho e Brito, pelo Decreto de 06 de Agosto de 1846, de D. Maria II.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Veiros - Visconde


Viscondes de Veiros
Leite (plenas): esquartelado: I e IV - de verde, com três flores-de-lis de ouro postas em roquete (2 e 1); II e III - de vermelho, com uma cruz florenciada de prata e vazia do campo; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de ouro e verde; Timbre de Leite: cruz do escudo, ladeada de duas flores de lis de ouro, ou de verde; coronel de Visconde. Correias de verde perfiladas de ouro. Tachões de ouro. Este título foi criado a favor do 1º Visconde de Veiras, Francisco de Paula Leite de Sousa, pelo Decreto de 11 de Março de 1822, de D. João VI.

Vasconcelos - Barão


Barões de Vasconcelos
Partido: I - Vasconcelos: de negro, com três faixas veiradas de prata e vermelho; II - Guimarães: de prata, fretado de losângulos de negro, com um pala de vermelho e sobre-o-todo (brocante) um leão de arminhos, armado e lampassado de azul; como diferença: brica de ouro carregada de uma arruela de azul; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de prata e negro; Timbre de Vasconcelos: um leão de negro carregado das faixas do escudo; coronel de Barão; correias de vermelho perfiladas de prata. Tachões de ouro. Foi o 1º Barão de Vasconcelos, José Smith de Vasconcelos. Este título foi atribuído por D. Luís I, pelo Decreto de 13 de Abril de 1863.