terça-feira, 30 de dezembro de 2014

D. Carlos Pedro Vasconcelos e Silva (Elefante Branco)


Brasão de Armas (Póstumas) de


Carlos Pedro de Vasconcelos e Silva
Elefante Branco.


*Almedina, Coimbra, 01 de Fevereiro de 1923,

+Porto, 09 de Maio de 2009.

Cortado: I - de azul, com um elefante de prata flanqueado por duas flores-de-lis de ouro; II - Partido: 1 - Silva; 2 - Vasconcelos; Timbre: elefante de prata (seu totem pessoal de escuteiro); coronel de nobreza (por ser neto do Conde de Oliveira dos Arcos, D. João Pais de Almeida e Silva, Chanceler de D. Carlos I).

A minha homenagem a quem tive a honra e o privilégio de confraternizar e me corresponder. Sem dúvida alguma o Maior, o Grande Escuteiro português.


sábado, 27 de dezembro de 2014

Duque da Terceira



Duque da Terceira

Esquartelado: I e IV - Sousa (do Prado): 1 e 4 - de prata, com cinco escudetes de azul postos em cruz, carregados com cinco besantes de prata, postos em sautor; 2 e 3 - de prata, com um leão de púrpura, armado e lampassado de azul; II e III - Manoel: 1 e 4 - de vermelho, com uma asa de ouro terminando numa mão de carnação empunhando uma espada de prata guarnecida de ouro; II e III - de prata, com um leão de púrpura, armado e lampassado de azul; como diferença: escudete dos Meneses: pleno de ouro; Elmo de prata a 3/4 tauxeado de ouro e forrado de vermelho; virol e paquifes de prata e azul; timbre deSousa (do Prado): leão de púrpura, armado e lampassado de azul; coronel de Duque; correias de azul perfiladas de prata. Tachões de ouro. Foi o 1º Duque da Terceira, o 7º Conde e 1º Marquês de Vila Flor, António José de Sousa Manuel e Meneses Severim de Noronha, pelo Decreto de 08 de Novembro de 1832, de D. Pedro (Príncipe Regente na menoridade de D. Maria II), com honras de parente.

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Fernando Moreira de Sá Monteiro


Brasão de Armas de
Fernando Moreira de Sá Monteiro

Esquartelado: I - ; II - Brandão; III - Sotomayor; IV - Meneses; timbre de Sá.

sábado, 20 de dezembro de 2014

Armas de Augusto da Costa Rebelo


Brasão de Armas de
Augusto da Costa Rebelo,
irmão de Mário Jorge da Silva Costa Rebelo.

Esquartelado: I - Rebelo; II - Valente; III - Miranda; IV - Silva.
Timbre de Rebelo.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Brasão de Armas de Mário Jorge da Silva Costa Rebelo


Brasão de Armas de
Mário Jorge da Silva Costa Rebelo

Esquartelado: I - Rebelo; II - Valente; III - Silva; IV - Miranda;
timbre de Rebelo

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Brasão de Armas do Marquês de Maceió, Alagoas, Brasil


Brasão de Armas do Marquês de Maceió
Alagoas, Brasil
Francisco Afonso de Meneses de Sousa Coutinho

Esquartelado: I e IV - Sousa (do Prado); II e III - Coutinho; timbre de Sousa (do Prado); coronel de Marquês.

Primeiro e único Visconde e Marquês de Maceió. Decreto de Viscondado passado a 12 de Outubro de 1824 e Decreto do Marquesado de Maceió passado a 12 de Outubro de 1826, Títulos outorgados por D. Pedro I, Imperador do Brasil.

Informação fornecida por João Paulo Oliveira, do Centro de Estudos Monárquicos de Alagoas, Brasil.

sábado, 6 de dezembro de 2014

Francisco de Simas Alves de Azevedo


Francisco de Simas Alves de Azevedo
Grande-Oficial da Ordem do Templo
*21/07/1933 +03/12/2014

Heraldista de renome, um dos meus grandes mentores. Temos o mesmo dia de nascimento e o mesmo amor à Heráldica. Paz à sua alma. Presto aqui a minha singela homenagem com a apresentação das suas Armas (assumidas) e as Armas de Grande-Oficial da Ordem do Templo.

Partido: I - Cortado: 1 - Lobato; II - Faria; II - Partido: 1 - Carneiro; 2 - Cortado: 1 - Sousa (do Prado); 2 - Faro. Diferença pessoal; escudete sobre-o-todo de azul, carregado com uma águia de voo abatido de prata volvida.


sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Gilmar Castelo Branco de Oliveira


Brasão de Armas de
Gilmar Castelo Branco de Oliveira
(cidadão brasileiro de ascendência portuguesa).

Esquartelado: I e IV - Abreu; II e III - Castelo Branco; diferença: brica de prata carregada com flor-de-lis de azul; timbre de Abreu e coronel de nobreza.


quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Luís Maria Barreiros e Fernando Luís Barreiros



Brasão de Armas (Assumidas) do
Comendador do Templo:
Luís Maria Barreiros

Partido: I - Barreiros (com alteração de esmaltes); II - de vermelho, com braço armado de prata movente do flanco sinistro, mão de carnação sustendo uma bandeira de prata com a Cruz da Ordem do Templo; Timbre de Barreiros; Colar de Comendador Templário.


Brasão de Armas (Assumidas) do
Cavaleiro do Templo:
Fernando Luís Barreiros

Partido: I - Barreiros (com alteração de esmaltes); II - de vermelho, com braço armado de prata movente do flanco sinistro, mão de carnação sustendo uma bandeira de prata com a Cruz da Ordem do Templo; Timbre de Barreiros; Colar de Cavaleiro Templário.


sábado, 15 de novembro de 2014

Lopes Garcia


Lopes-Garcia
Esquartelado: I e IV - Lopes; II e III - Garcia (de Múrcia);
escudete sobre-o-todo de Sousa (do Prado);
timbre de Garcia (de Múrcia). Coronel de Nobreza.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Sousa e Sousa (Estudo Heráldico)


Sousa e Sousa
Esquartelado: I e IV - Sousa (do Prado); II e III - Sousa (de Arronches)
timbre de Sousa (do Prado)


quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Köpke


Köpke 


Partido: I - Köpke; II - Cortado: 1 - Fonseca; 2 - Gouveia; timbre de Köpke


Partido: I - Köpke; II - Cortado: 1 - Correia; 2 - Pinto; timbre de Köpke




sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Rodrigues Peres

 Rodrigues Peres

Esquartelado: I e IV - Peres: de vermelho, com uma cruz de ouro firmada e acompanhada de quatro flores-de-lis do mesmo metal, ponta ondada de prata e azul; bordadura de ouro carregada com oito aspas de vermelho; II e III - Rodrigues: de ouro com cinco flores-de-lis de vermelho postas em sautor (em aspa); chefe de vermelho carregado com uma cruz florenciada de ouro vazia do campo; timbre de Peres: aspa de ouro sustendo uma flor-de-lis de vermelho.
 Peres/Pires
Rodrigues

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Armas Assumidas de Roberto Martins Silva


Brasão de Armas Assumidas de 
Roberto Martins Silva

Esquartelado: I e IV - Silva; II e III - Martins; timbre de SILVA.

sábado, 1 de novembro de 2014

Brasão de Armas de Fernando Sá Monteiro


Brasão de Armas de
Fernando Moreira de Sá Monteiro

Esquartelado: I - Sá; II - Brandão; III - Sotomayor (com diferença); IV - Meneses; sobre-o-todo de Moreira; Timbre de Moreira.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Homenagem a David Garcia



David Nuno Mendes Garcia

Esquartelado: I e IV - Garcia: de prata, com três leopardos de vermelho passantes em pala, armados e lampassados de azul; II e III - partido: 1 - Mendes (simplificado): de vermelho, braço armado sainte da sinistra, mão de carnação sustendo um punhal de prata abatido e guarnecido de ouro; 2 - de prata, com faixa de vermelho carregada de um coronel ducal de ouro, acompanhada de oito cruzes páteas de azul, quatro em chefe e quatro em ponta; Timbre de Garcia: leopardo de vermelho rompante, armado e lampassado de azul, (com acrescentamento) uma cruz pátea de ouro na fronte; Elmo de prata tauxeado e gradeado de ouro e forrado de azul; virol e paquifes de prata forrados de vermelho; correias de vermelho perfiladas de prata; tachões e ponteiras de ouro; pendente de Cavaleiro Professo na Real Ordem de São Miguel da Ala.

Defensor da Monarquia


quinta-feira, 16 de outubro de 2014

João Alberto Gondim Cardoso Monteiro


Brasão de Armas de
João Alberto Gondim Cardoso Monteiro

Esquartelado: I e IV - Monteiro; II - Cardoso; III - Gondim; Timbre de Monteiro.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Conde da Redinha




Conde da Redinha
Esquartelado: I e IV - Lencastre; II e III - Carvalho; escudete sobre-o-todo de Bobone; Timbre de Carvalho, coronel de Conde.


quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Visconde de Lajeosa


Visconde de Lajeosa
Foi único Visconde de Lajeosa, José Leite Pereira de Melo, que nasceu a 1e de Julho de 1816 e morreu a 2 de Setembro de 1875, filho de José Leite Pereira de Melo e Vasconcelos, Desembargador da Casa da Suplicação, e de sua mulher, D. Mariana Severiana de Morais Sarmento. Foi proprietário no Concelho de Celorico da Beira e casou em 1838, com D. Maria Augusta de Magalhães, nascida em 1818, filha de Diogo de Magalhães Osório de Aragão Machuca e de sua mulher, D Maria Angélica da Cunha Botelho; c. g. na qual o título não foi renovado. O título foi-lhe concedido, em sua vida, por Decreto de 7 e Carta de 9-VIII-1869, de D. Luís.

Esquartelado: I - Leite; II - Pereira; III - Melo; IV - Cardoso; Timbre de Leite e Coronel de Visconde.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Estudo Heráldico






Sobrinho Neto

Esquartelado: I e IV - Neto: Partido de vermelho e azul, com um leão de ouro brocante, armado e lampassado de negro; bordadura de ouro, carregada com quatro flores-de-lis de azul nos cantos e quatro folhas de figueira de verde, uma no chefe, outra na ponta e outras duas nos flancos; II e III - Sobrinho: esquartelado: 1 e 4 - de vermelho, com uma torre de prata, aberta e iluminada de negro; 2 e 3 - de verde, com um casco de prata com uma flor-de-lis de ouro sobreposta; timbre de Neto: leão de ouro, armado e lampassado de negro com uma folha de figueira de verde na fronte.



sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Estudos Heráldicos para Nuno de Melo e Castro Fernandes Thomaz


Armas completas


Esquartelado: I - Almeida; II - Partido: 1 - Carvalho (demi); 2 - Coutinho; III - Partido: 1 - Melo; 2 - Castro; IV - Vasconcelos. Timbre de Melo. Coronel de Nobreza.


Esquartelado: I - Almeida; II - Coutinho; III - Partido: 1 - Melo; 2 - Castro; IV - Vasconcelos. Timbre de Melo. Coronel de Nobreza.


Esquartelado: I - Almeida; II - Carvalho; III - Partido: 1 - Melo; 2 - Castro; IV - Vasconcelos. Timbre de Melo. Coronel de Nobreza.

Esquartelado: I - Coutinho; II - Almeida; III - Partido: 1 - Melo; 2 - Castro; IV - Vasconcelos. Timbre de Coutinho. Coronel de Nobreza.